Fale Whatsapp

Nota de Repúdio a atos racistas

 em Noticias
Compartilhar

NOTA DE REPÚDIO

A Escola Superior Madre Celeste por meio da direção geral torna público a presente nota de repúdio a atos racistas praticada em rede social na noite do dia 31 de outubro por um acadêmico, a presente nota repudia veementemente toda e qualquer atitude de natureza racista.

Leia a nota…

NOTA DE REPÚDIO A ATOS RACISTAS

Nós, direção, coordenação, professores e alunos da Escola Superior Madre Celeste manifestamos nosso mais veemente repúdio e pesar frente a pronunciamento de cunho racista, veiculados em plataformas virtuais e físicas. Atos dessa natureza são incompatíveis e absolutamente inaceitáveis no âmbito de uma instituição que preza pela democracia, a diversidade e a convivência respeitosa entre seus membros. A ESMAC reitera os esforços para uma  convivência que respeite a pluralidade e a diversidade em todos os aspectos.  Os membros da ESMAC condenam qualquer tipo de atitude que firam o principio irrevogável da dignidade humana, independente de gênero, etnia, sexualidade e credo visto que a Constituição Federal de 1988 repudia o racismo e reconhece o Brasil como uma nação pluriétnica e multicultural, ao mesmo tempo, que reconhece e garante o exercício das especificidades socioculturais de todos os povos. O racismo é considerado crime pela Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989 que define os crimes de preconceito de raça ou de cor. A Lei assim o define: Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97). O pronunciamento se caracteriza como uma falta gravíssima e inadmissível, porque se dirige a um segmento da sociedade e desta instituição historicamente vitimados por atos de violência e discriminação de toda sorte.

Como gestores e docentes sempre buscamos formar cidadãos comprometidos com uma sociedade livre de iniquidades, pois entendemos que atitudes como estas constituem violações constitucionais e uma afronta aos valores de uma sociedade humanista e igualitária com os quais não podemos compactuar. Desta forma, reiteramos o nosso profundo repúdio ao ocorrido. Lutaremos para que estes atos não ecoem em nossos Cursos, de forma a que não encontrem respaldo na Instituição e, consequentemente, na sociedade.

A Direção da ESMAC tomara todas as providências para apurar o fato, identificar o autor desse ato lamentoso e aplicar as medidas cabíveis.

Em sua manifestação, a Direção da ESMAC também esclarece que, a partir desse lamentável caso, um conjunto de ações de formação será intensificado pela Comissão de Ética, que conta com participação de alunos, funcionários e professores.

Ananindeua (PA), 01 de novembro de 2019.

ESCOLA SUPERIOR MADRE CELESTE – ESMAC

Comentários

Comentários

Veja Também...

Digite uma palavra-chave e pressione ENTER para buscar