Fale Whatsapp

ESMAC GANHA PREMIAÇÃO DE “MELHOR PROJETO SOCIAL” COM O IDEAS

 em ESMAC NA MÍDIA, Eventos, Graduacao, Noticias, Vestibular
Compartilhar

O Projeto IDEAS, vinculado ao Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade ESMAC, brilhou espetacularmente na 30ª edição do Festival Dança Pará 2021 no Teatro do SESI em Belém, na noite dos campeões deste domingo (31), onde foram anunciados os vencedores de cada categoria participante, dentre as 5 premiações recebidas o de “Melhor Projeto Social”.Foram 3 dias de Mostra Competitiva além de apresentações de Bailarinos do cenário nacional convidados para o Festival considerado o “Maior Intercâmbio de Dança da Região Norte”. Entre grandes nomes, estava ela, Rachel Ribeiro – talentosa bailarina solista do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Na composição do corpo técnico de avaliadores, o Festival reuniu nomes como João Pirahy – do Coletivo de Sonhos de São Paulo, o bailarino, Professor e coreográfo Ramirez Menezes, e o Coreográfo e Intérprete Felipe Lemos.

O Polo IDEAS do Bairro Jaderlândia, coordenado pela Sra Erielza Ribeiro (53) participou com as bailarinas do Infantil e as Idosas na categoria da Melhor idade, proporcionando momentos mágicos para os amantes desta arte milenar.

As premiações reunidas pelo IDEAS foram:

🥇Melhor Projeto Social
🥇1° Lugar Baby Dance-conjunto
🥇1° Lugar Ballet Clássico Livre conjunto Infantil – Toy Dancers
🥉3° Lugar Ballet Clássico Livre Conjunto Infantil – Movimentos
🥉3° lugar Dança na melhor idade conjunto.“Estou com o coração transbordando de alegria e gratidão aos nossos Projetos Sociais, em especial ao IDEAS. Ontem o Polo do Jaderlandia foi premiado no Dança Pará. O IDEAS se reinventa depois de tantos momentos de dificuldades que estamos enfrentando nesta pandemia, como a exemplo de nossos idosos que fizeram a passagem nesse momento difícil; a parada no Projeto, mas, agora gradativamente nosso IDEAS retorna, retomando suas atividades. Agradeço e parabenizo a Coordenadora Geral, Dona Luísa Sampaio por sua persistência e resistência em tempos de provações. Hoje, recebemos 5 troféus, o momento é de muita alegria e de reconhecimento como sendo o Melhor Projeto Social” exclamou a Deputada Professora Nilse Pinheiro, madrinha do Projeto. Pioneirismo

Uma iniciativa pioneira dos Professores Amintas Pinheiro e Nilse Pinheiro, respectivamente, surgiu como núcleo de extensão dos cursos superiores da Escola Superior Madre Celeste – ESMAC. O projeto ultrapassou as fronteiras da ESMAC, e, se estabeleceu em núcleos ou polos. O IDEAS está em plena atividade sob a coordenação da corajosa, atuante e competente Sra. Luiza Sampaio.

São 11 anos de atuação do IDEAS atendendo a grupos da melhor idade, crianças e mulheres em situação de vulnerabilidade nos bairros carentes da região metropolitana de Belém, tendo como principal missão promover a valorização e a melhoria da qualidade de vida do indivíduo em todos os seus ciclos de vida, desde, a infância, na fase adulta e principalmente na idosa.

Professora Nilse disse mais “Ainda estou sem palavras para descrever a emoção que invade a minha alma, de ver nossas bailarinas e nossas idosas superando todos os obstáculos que essa pandemia impôs, com aulas online, ensaios com máscaras, com número reduzido de participantes mais elas venceram e foram dignas das Premiações”.

Convivência

O IDEAS atende anualmente 1.500 pessoas aproximadamente, com atividades semanais, proporcionando mais saúde, bem estar e alegria.  Fora de pandemia são realizados eventos pontuais, como o Baile das Flores que agrega a todos os Polos.Cuidados com a saúde

O alunos extensionistas da Faculdade ESMAC tem como foco trabalhar o ambiente universitário junto às famílias que necessitam de ações complementares de prevenção e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, incentivando- os a participação social, ao desenvolvimento físico, cognitivo e emocional. Os 13 cursos que a Escola Superior Madre Celeste oferece, direcionam seus alunos para somar esforços no IDEAS, onde se transformam em agentes atuantes,  enquanto orientadores e professores nas atividades físicas. Alguns dos serviços ofertados são: natação, hidroginástica, corrida, dança, teatro entre outras.

Polos de atendimento do IDEAS

Os bairros atendidos atualmente pelo IDEAS recebem a nomenclatura de Polos, conforme a seguir: Polo Águas Brancas, Polo Aurá, Polo Icuí, Polo Cidade Nova, Polo Guanabara, Polo Marambaia, Polo Tapajós, Polo Jaderlândia, Polo Águas Lindas e o Polo Icoaraci. Nos polos são mantidas estruturas e área recreativa com piscinas em alguns, até campo de futebol adequados para o recebimento das pessoas das comunidades onde estão instalados.

O atual Coordenador Cultural do IDEAS é o Professor Joe Chaves (34) que foi aluno no Curso de Educação Física na Faculdade ESMAC há quase uma década, atuando como extensionista no Projeto.O Professor Joe conheceu todos os polos e se dedicou arduamente até aqui para maior inserção cultural da população atendida no IDEAS “os prêmios que recebemos ontem são importantes reconhecimentos da sociedade sobre todo o trabalho que nos dedicamos como missão que é promover a valorização e a melhoria da qualidade de vida do indivíduo em todos os seus ciclos de vida, desde, a infância, na fase adulta e principalmente na idosa. Ganhamos visibilidade e notoriedade no Estado do Pará e a expectativa de futuro é a de vida longa com o Projeto”.Para alcançar todo esse resultado positivo não podemos deixar de citar e parabenizar aos Professores, dançarinos e coreógrafos do Polo Jaderlândia em nome de Pedro Lucas e Tariny Souza coordenados pela admirável Sra. Erielza Ribeiro, que eternizou gratidão na fala “fazer parte do projeto IDEAS é algo muito, muito importante, lidamos entre outras coisas com a autoestima das pessoas, em uma comunidade carente. E participar de um evento como o Dança Pará, sair de lá premiados é muito gratificante… sou grata a Deus, à Deputada Professora Nilse Pinheiro, à Dona Luísa Sampaio, aos participantes idosos e bailarinas, aos Professores, ao Padre Nilton. Enfim, são tantos e tantas que de alguma forma contribuem para que chegássemos até aqui”, finalizou satisfeita Erielza.

TEXTO: LUCY SILVA
FOTOGRAFIA: Rita Martins
CIDEC DO GRUPO DE ENSINO MADRE CELESTE

Comentários

Comentários

Veja Também...

Digite uma palavra-chave e pressione ENTER para buscar