Fale Whatsapp

ESMAC é Parceira do Governo Federal e do Governo do Estado em evento alusivo aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres.

 em Eventos, Graduacao, Noticias, Vestibular
Compartilhar

Na manhã desta quinta-feira, 10 de dezembro, o Núcleo de Práticas Jurídicas da ESMAC sediou o evento da Cerimônia de Entrega simbólica de cestas básicas para mulheres em situação de violência doméstica e vulnerabilidade social.A Secretária Adjunta Dinah Andrade, da Secretaria Nacional de Políticas para as mulheres – SNPM representante do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, está em Ananindeua participando do evento em parceria com a SEJUDH. Esta ação, vêm ao encontro do compromisso da SEJUDH com as políticas públicas para a população vulnerável, e faz parte da Campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres em conformidade com a Lei n°8.293, de 28 de Setembro de 2015, que institui a referida campanha no âmbito do Estado do Pará, fará parte da programação, a doação de cestas básicas às mulheres em situação de violência doméstica ou vulnerabilidade social em parceria com o Governo Federal, por meio da SNPM, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.A missão institucional da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, prevista no artigo 1º da Lei Estadual nº 7.029, de 30 de julho de 2007, é promover o exercício da cidadania, a defesa dos Direitos Humanos, o acesso à justiça e o combate às discriminações sociais, portanto, por meio da Coordenadoria de Integração de Políticas para as mulheres – vinculada a essa secretaria – e que é o Organismo Estadual responsável em promover as políticas públicas para as mulheres no âmbito do Estado do Pará, que vem trabalhando junto ao Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher no monitoramento dessas políticas.O evento recebeu as seguintes instituições: Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Secretaria Nacional de Políticas para as mulheres; Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB; Ministério Público do Estado do Pará; Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado do Pará; Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Pará e a Fundação Parápaz.Também estão inseridas nessa parceria os Organismos de Políticas para as Mulheres, Conselho Estadual dos Direitos das Mulheres com suas representações da sociedade civil: Conselhos Municipais dos Direitos das Mulheres, Movimentos e Associações de Mulheres como o Projeto Empodera Mulheres do Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade ESMAC.A Secretária Nacional Adjunta, Dinah Andrade disse “é um momento necessário de alinhamento nacional, estadual e municipal para que possamos ter a convicção de que à luz do conhecimento do que trazemos, venha construir uma sociedade melhor e mais justa.”   A Diretora Geral da Instituição, Professora Nilse Pinheiro foi convidada a participar da cerimônia, representando a Escola Superior Madre Celeste.  A Professora Nilse, ressalta a importância de se aliar e estimular ações de impacto na composição de renda familiar no mês de dezembro aja vista que, é uma prática tradicional do empreendimento da família, que, promove ações solidárias há 38 anos, mas, principalmente sobre o papel da Educação na transformação de realidades, ” a Educação descortina os olhos da ignorância para o conhecimento e liberta mulheres e homens. A Faculdade ESMAC já formou Secretários de Municípios, Delegados, Escrivães, juízes entre outros profissionais das diversas áreas do conhecimento. Os nossos gestores precisam olhar melhor para a educação de base, pois, isso é progresso dos municípios”, finalizou.No contexto atual, essa entrega “simbólica” de Cestas Básicas para mulheres em situação de violência doméstica e vulnerabilidade social, se torna uma importante medida de enfrentamento, inclusive, ao COVID -19. Que outras ações em favor da mulher sejam providenciadas como esta.

16 DIAS DE ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

Os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma campanha anual e internacional que começa no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, a mobilização abrange o período de 20 de novembro a 10 de dezembro.
Foi iniciada por ativistas no Instituto de Liderança Global das Mulheres, em 1991, e continua a ser coordenada anualmente pelo Centro para Liderança Global das Mulheres. É uma estratégia de mobilização de indivíduos e organizações, em todo o mundo, para engajamento na prevenção e na eliminação da violência contra as mulheres e meninas. (Onumulheres/2020).

Texto a foto: Lucy Silva

CIDEC do Grupo de Ensino Madre Celeste.

 

Comentários

Comentários

Veja Também...

Digite uma palavra-chave e pressione ENTER para buscar